Terça-Feira

pílulas semanais

10 músicas para homenagear Porto Alegre sem recorrer à música brega do prefeito

with 14 comments

Bom, Porto Alegre É Demais já deu, né?

Eu não suporto mais essa música. Por isso, no twitter, pensei em 10 canções nas quais poderia homenagear Porto Alegre sem recorrer à música brega do Casal Fogaça.

1. Berlim, Bom Fim – Nei Lisboa

Com roupa, cor e cheiro dos anos 80, Berlim, Bom Fim mostra uma cidade que na verdade, já acabou. O Bom Fim de hoje em dia, graças a Isaac Ainhorn e às tias que nele votavam, virou um bairro absolutamente familiar e idoso, bem longe da atmosfera junkie de quase 30 anos atrás. A fauna ensandecida do Ocidente e o vergonhoso Muro da Mauá, entretanto, ainda existem – e a música, em si, é uma pérola. Também gosto da versão do Hique Gomez, que se não me engano é co-autor.

2. Da Guedes – Passe Livre

“Porra, Da Guedes?”. Sim. É um grupo de rap bem mediano que fez algum sucesso nos anos 90/início de 00 com algumas letras prafrentex, como “Dr. Destino” e outras coisas para conscientizar a perifa, saca, mano? A questão é que “Passe Livre” é um dos retratos mais honestos que eu já vi da cidade. Conta basicamente a história de um cara da periferia que faz TURISMO na cidade na saudosa data do mês na qual não era preciso pagar para viajar de ônibus – e que foi abolida na gestão do autor de Vento Negro, graças à pressão dos empresários do transporte. “Há vários rolés sem treta pra tu curtir com teu guri” é uma frase mais significativa que “é lá que as gurias, etc e tal”.

3. Caetano Veloso – Menino Deus

O Caetano fez essa música provavelmente na sacada de uma cobertura nesse bairro, olhando para o morro, fumando um antes de comer alguém. Deve ter feito em dois minutos, dada a simplicidade da letra e da melodia. Mas é o Caetano, e ele consegue fazer essas coisas com algum significado. Ficou bom.

4. Vítor Ramil – Ramilonga

É uma das mais bonitas canções sobre Porto Alegre, com a cidade vista do olhar de um refugiado, ou de alguém que não pretende mais voltar, e sente uma saudade doída e deprimida como são as letras do Vítor Ramil. Porto Alegre pode ser triste demais, de vez em quando, e nesses momentos o Ramil é uma boa companhia.

5. Graforréia Xilarmônica – Amigo Punk

Amigo Punk é um hino, também composto na fase junkie do Bom Fim – que, como vocês sabem, acabou graças às tias e ao vereador que elas elegiam – que só tem uma referência direta à cidade: “…monta no cavalo e desbrava essa coxilha/atravessa a Osvaldo Aranha/e entra no Parque Farroupilha”. Entretanto, ela foi adotada como um hino debochado de quem é jovem desde aquela época. Sem dúvida, melhor do que qualquer trilha do Zaffari.

6. Sangue Sujo (Wander Wildner) – Jesus Cristo

A letra não é uma homenagem a Porto Alegre, mas um deboche com o que as pessoas fariam se Cristo voltasse à Terra e morasse por aqui. Como fala especialmente de provincianismo, tem tudo a ver com Porto Alegre.

7. Engenheiros do Hawaii – Anoiteceu em Porto Alegre

Embora tenha a narração de Ranzolin falando do mundial conquistado pelo Grêmio e embora Gessinger seja viciado em aliterações, essa é mais uma música produzida no furor oitentista que combina com uma banda de carro pela cidade, de preferência, na madrugada. Eu consigo visualizar a cidade cantada por Gessinger, sempre.

8. Kleiton & Kledir – Deu Pra Ti

É uma música clássica de Porto Alegre, a segunda referência maior depois da breguice horrorosa cantada pela mulher do prefeito. Ao invés de ser uma música de refugiado, é uma música de quem está lá fora e sente saudade. Fala do Bom Fim dos anos 70 (aquele mesmo que acabou graças ao Isaac e suas Tias) e de outras referências históricas que se acabaram, como o Bar João, o Falcão e (porque não?) o Fogaça.

9. Kevin Johansen – Luna Sobre Porto Alegre

Não sei quem é, não sei como ficou famoso, do que se alimenta, nem porque fez essa música. Só que é bonita e é em espanhol, o que tem todo um significado – afinal, Porto Alegre sente uma saudade danada de Montevidéu, desde o tempo da República Cisplatina.

10. Horizontes – Flávio Bicca

O fato dessa canção ser antiga é mais sério ainda, pelo fato de que o prazo de validade dela acabou em 1979 (e nos 80 eu não vou me perder por aí…). Entretanto, além dela ser belíssima nos primeiros versos, Horizontes é trilha de Bailei na Curva, uma das peças mais significativas da história portoalegrense.

BONUS TRACK

Panic – Shoobydahbydoobah Porto Alegre é meu lar

O clipe diz tudo.

(obrigado @eduardo_egs, @spuldar, @vivimim, @TheRealRudi e especialmente, @igornatusch pelas contribuições)

About these ads

Written by Luís Felipe

março 28, 2010 às 12:05 am

Publicado em madrugada

14 Respostas

Assinar os comentários com RSS.

  1. kevin johansen não é de montevidéu, mas sim de buenos aires. é um dos hermanos mais consagrados na capital argentina, parceiro do vitor ramil, jorge drexler e por aí vai…

    lucas

    junho 14, 2010 at 5:22 pm

  2. durante a leitura me veio à cabeça uma música que acho muito massa: pegadas, do bebeto alves.

    Neni

    outubro 5, 2010 at 4:10 pm

    • TEMOS QUE PARAR COM ESTA PÉSSIMA MANIA DE ROTULAR CERTAS MÚSICAS DE BREGA,MÚSICA É MUSICA,EM QUALQUER LUGAR DO MUNDO,CADA UM TEM A LIBERDADE DE ESCOLHER O VAI OUVIR…

      RICARDO RAMOS

      março 26, 2012 at 3:58 pm

  3. Anoiteceu em Porto Alegre é tudo de bom. Maravilhosa, e com o Gessinger cantando ainda, Deus, Porto Alegre fica muito mais tudo.

    Fran

    janeiro 19, 2011 at 11:17 pm

    • Muito legal,só faltou o estadio do grêmio.
      um abraço
      Tânia

      Tânia Brizola

      setembro 6, 2011 at 6:42 pm

  4. Bom dia!!!
    Você ainda procura o melhor pastel de Porto Alegre?
    Estou encaminhando o atalho do site de minha modesta pastelaria, quem sabe você goste?

    Cynthia

    Cynthia Pinheiro

    junho 2, 2011 at 11:31 am

  5. Bah perfeito! Que saudade de Porto!

    Alberto

    janeiro 28, 2012 at 2:22 am

  6. Olá. Parabéns pela escolha das músicas. Anoiteceu em Porto Alegre é muito tri!!
    só gostaria de comentar que eu gosto da música chamada aqui de “música brega do Casal Fogaça”. Sou de POA e moro em outro estado, a referida música me faz lembrar da querida Porto Alegre. Não acho brega ;)

    Thais

    março 25, 2012 at 8:48 pm

  7. Muuuito boa tua idéia de copartilhar estas músicas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Abço

    Anônimo

    março 25, 2012 at 11:39 pm

  8. amei as fotos do video

    Patricia Turra

    março 26, 2012 at 4:45 pm

  9. Ótima listagem! To saindo do país e vou ter que ouvir muitas dessas lá nas gringas! Só faltou “Desgarrados” premiada no califórnia da canção com o Mario Barbara!

    SweeHe

    julho 20, 2012 at 1:43 am

  10. Excelentes. Pena não teres incluído “Cidade”, trabalho do Sergio Napp e Nelson Coelho de Castro. A interpretação, ah, deixa pra lá, é fraquinha, pouco menos que divina, da Mônica Tomasi (diva, que voz!). Para os amantes… da cidade, a música está no CD Uma canção para Porto Alegre.

    Walmor Santos

    junho 4, 2013 at 7:55 am

  11. massa

    ricardo

    setembro 1, 2013 at 1:28 am

  12. bah fui ler os comentários das músicas e q cara,,,,,,,

    ricardo

    setembro 1, 2013 at 2:19 am


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: